04 jun

O que mudou na forma de exportar? Compreenda a simplificação dos documentos exigidos

Global JR | Negócios

Entrar no setor de exportação ficou muito mais simples para as empresas, principalmente com as facilitações dos trâmites legais instituídos a partir do ano passado. Quer saber o que mudou e como fica a partir de agora? Continue lendo.

Primeiramente, àqueles que queiram realizar esta atividade, é necessário habilitar-se no RADAR ( Ambiente de Registro e Rastreamento de Atuação dos Intervenientes Aduaneiros), sistema que tem como objetivo evitar fraudes.

Posteriormente, deve-se acionar a Declaração Única de Exportação (DU-E), arquivo eletrônico que define o enquadramento na operação de exportação e subsidia o despacho aduaneiro. Ele é o novo documento para o processo de exportação, executado pelo governo entre 24 de março de 2017 e 1º de outubro de 2018, para substituição do Registros de Exportação,  Registro de Crédito, Declaração Simplificada de Exportação (DSE) e a Declaração de Exportação (DE).

A DU-E foi implementada para melhoria e facilitação do comércio exterior brasileiro, tendo em vista que compreende informações de natureza aduaneira, administrativa, comercial, financeira, fiscal e logística, que caracterizam a operação de exportação de bens por elas amparados. Essas informações servirão de base para o controle aduaneiro e administrativo das operações.

O governo brasileiro estima que cerca de 60% na redução no preenchimento de dados na documentação, além de ter uma expectativa de redução de 40% do prazo médio para exportação das mercadorias.

De acordo com as últimas notícias transmitidas no portal Siscomex, no caso da compreensão do Controle de Carga e Trânsito (CCT) na DU-E, será  permitido a vinculação de cargas que estejam estocadas em um mesmo local, que já corresponde ao local de embarque no documento e, no CCT, possa ser transitado até um segundo local, para carregar uma segunda carga que vá ao mesmo destino já constando em ambas declarações.

Dessa forma, há uma facilitação no processo burocrático para empresas com intenção de realizar tal atividade. Caso esteja interessado em exportar, a Global Jr. pode auxiliar nesse processo. Contate-nos clicando aqui ou ligando para (51) 3218-1408

TAGS

Últimos Posts

Como é o mercado internacional de softwares?

21 agosto 2019

Anunciado o acordo entre Mercosul e União Europeia

08 julho 2019

Consumo de erva-mate no mundo

02 julho 2019

Posts relacionados

Anunciado o acordo entre Mercosul e União Europeia

08 julho 2019

LEIA MAIS

Qual o impacto econômico do veganismo no Brasil?

23 maio 2019

LEIA MAIS

China aumenta impostos sobre produtos norte-americanos

15 maio 2019

LEIA MAIS

Born global: Nova geração de empresas?

15 março 2019

LEIA MAIS
Global JR - Negócios Internacionais | ESPM
Entraremos em contato com você.
Global JR - Negócios Internacionais | ESPM
Agende uma reunião gratuita conosco.